sábado, 2 de março de 2013

ONDE ME ENCONTRAR



segunda-feira, 26 de março de 2012

fim de linha

Queridos leitores, vou encerrar este Blog, as próximas postagens farei no Blog Caixa Preta

Grata pelo carinho!

quinta-feira, 15 de março de 2012

dia da poesia

ontem foi o dia da poesia  





ACONCHEGO


Há lugar com mais conforto 
Que ninho de passarinho
Feito com palhas e fibras
O que achar no caminho?
Há doçura mais gostosa,
Que simples favo de mel?
E o cheiro da branca rosa,
Abrindo-se pro azul do céu?

quinta-feira, 8 de março de 2012

poema para as mulheres


8 DE MARÇO

Nessa data especial
Às mulheres dedicada
Meu abraço especial
Àquela pouco lembrada.

Um abraço à empregada
Pisada pela patroa
À velha puta, coitada,
A Vida não lhe perdoa.
À viúva do soldado
Em serviço assassinado
À mãe de qualquer bandido
Por ter o filho perdido
À mulher ainda menina
Explorada em surdina
À mulher violentada
Em segredo confinada
À mulher, que sem remédio,
No trabalho sofre assédio.
Às mulheres excluídas
Com histórias parecidas.

No dia Internacional
Um abraço especial
A mulher do Presidente
Pessoa muito presente
Do marido sempre ao lado
Discreta, não mostra enfado.
Quem conhece diz que Lula
Só em Mariza confia.
Mesmo que ela engula
Alguns sapos todo dia
Quando nosso Presidente
A sucessora indicou
Mariza, inteligente,
Prontamente se afastou.

Deixo aqui a homenagem
Para esta brasileira
Mulher de muita coragem
De Lula a Companheira.
                                          
s/d     

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

beijo roubado


guardo ainda o sabor
de um doce beijo roubado
se foi um beijo de amor
o ladrão tá perdoado


meu amor de carnaval
teve o tempo da folia
arrastou no vendaval
a tristeza que eu sentia


volte amor venha brincar
vem ser de novo o ladrão
e se outro beijo roubar
leve junto o coração.


IMAGEM JOHN VAZ

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Simpatia - é quase amor!


Aniversariante: Casimiro José Marques de Abreu 

nasceu na Barra de São João, Rio de Janeiro, em 4 de janeiro de 1839, onde morreu, vitimado pela tuberculose, em 18 de outubro de 1860. Produziu um único livro de poemas: Primaveras (poesias, 1859). 










Um Poema:  Que é - simpatia


Simpatia - é o sentimento
Que nasce num só momento,
Sincero, no coração;
São dois olhares acesos
Bem juntos, unidos, presos
Numa mágica atração.


Simpatia - são dois galhos
Banhados de bons orvalhos
Nas mangueiras do jardim;
Bem longe às vezes nascidos,
Mas que se juntam crescidos
E que se abraçam por fim.


São duas almas bem gêmeas
Que riem no mesmo riso,
Que choram nos mesmos ais;
São vozes de dois amantes,
Duas liras semelhantes,
Ou dois poemas iguais.


Simpatia - meu anjinho,
É o canto de passarinho,
É o doce aroma da flor;
São nuvens dum céu d'agosto
É o que m'inspira teu rosto...
- Simpatia - é quase amor!
Caricatura de André Lemes

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Receita de ano novo


de Carlos Drummond de Andrade


Para você ganhar belíssimo Ano Novo 
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, 
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido 
(mal vivido talvez ou sem sentido) 
para você ganhar um ano 
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, 
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; 
novo 
até no coração das coisas menos percebidas 
(a começar pelo seu interior) 
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, 
mas com ele se come, se passeia, 
se ama, se compreende, se trabalha, 
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, 
não precisa expedir nem receber mensagens 
(planta recebe mensagens? 
passa telegramas?) 

 Não precisa 
fazer lista de boas intenções 
para arquivá-las na gaveta. 
Não precisa chorar arrependido 
pelas besteiras consumidas 
nem parvamente acreditar 
que por decreto de esperança 
a partir de janeiro as coisas mudem 
e seja tudo claridade, recompensa, 
justiça entre os homens e as nações, 
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, 
direitos respeitados, começando 
pelo direito augusto de viver. 

 Para ganhar um Ano Novo 
que mereça este nome, 
você, meu caro, tem de merecê-lo, 
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, 
mas tente, experimente, consciente. 
É dentro de você que o Ano Novo 
cochila e espera desde sempre.